Ação do MBL contra Renan retorna para o STF

autor Misto Brasília

Postado em 21/01/2019 20:34:23 - 20:30:00


Mandar uma ção contra o senador Renan foi um equívoco, informou o gabinete de Fux/Arquivo

Ministro Fux cancelou a decisão e justificou a medida como lançamento indevido por um equívoco

O Supremo Tribunal Federal (STF) cancelou a decisão do ministro Luiz Fux que determinou o envio para a primeira instância da Justiça Federal uma ação em que o Movimento Brasil Livre (MBL) pede que o senador Renan Calheiros (MDB-AL) seja impedido de concorrer à presidência do Senado, informou a Agência Brasil.

Mais cedo, uma decisão do ministro autorizando o envio foi inserida no andamento processual da Corte, onde os despachos de cada processo são publicados. No entanto, horas depois, o gabinete de Fux cancelou a decisão e justificou a medida como lançamento indevido causado por um equívoco. A decisão foi assinada na sexta-feira (18) e noticiada nesta segunda-feira (21).


Ibaneis bate boca com deputados distritais da oposição sobre escolas militares
AO VIVO TV Câmara Legislativa
veja +
Maia vai instalar nesta quarta comissão para discutir novas regras para o saneamento
Deputados cobram desbloqueio de recursos para a educação
Presidente da Cobap, Warley Gonçalves, sugere uso da máquina para reeleição
veja +