Sentença de Dias Toffoli agrada Maia e Renan Calheiros

autor Misto Brasília

Postado em 09/01/2019 17:09:46 - 17:06:00


Toffoli decidiu que a eleição para a Mesa Diretora da Câmara deverá ser secreta/Arquivo

Ministro determinou que a eleição na Câmara deverá ser secreta e deve ocorrer o mesmo no Senado

O senador Renan Calheiros (MDB-AL), principal candidato à presidência do Senado, e o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), candidato à reeleição na Câmara dos Deputados, estão muito satisfeitos com a decisão desta quarta-feira do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli.

Ele negou pedido liminar feito pelo deputado federal eleito Kim Kataguiri (DEM-SP) para que a eleição para presidente da Câmara dos Deputados fosse realizada em votação aberta. Assim, a eleição na Câmara será secreta, o que facilita os acordos políticos até agora costurados por Maia.

Durante o recesso do Judiciário, Toffoli deverá avaliar ainda se mantém ou cassa a decisão do ministro Marco Aurélio Mello, que em dezembro determinou em liminar que a votação para a escolha do presidente do Senado seja aberta. Pelo posicionamento de Toffoli no caso da Câmara, será muito difícil não proclamar a mesma sentença no caso do Senado.

Essa decisão pode ter impacto na decisão do ex-presidente da Casa e senador Renan Calheiros (MDB-AL) de concorrer novamente ao cargo. Renan é visto com reservas por pessoas próximas ao presidente Jair Bolsonaro.

 


Orquestra de Brasília e o Coral 10 interpretam Cio da Terra
Governador do Pará diz que contas dos estados passarão por pente-fino
veja +
Multa para quem estacionar em vaga de idoso pode aumentar
Projeto que limita propagandas em TVs e rádios educativas aguarda votação na Câmara
Mais de 50 senadores tomam posse daqui a duas semanas
veja +