Provas adiadas do concurso da AGU serão aplicadas em janeiro

autor Misto Brasília

Postado em 12/12/2018 20:42:57 - 20:40:00


Foto - Misto Brasília

Idecon e AGU não respondem ao Misto Brasília e em nota a Advocacia informa sobre a nova data

A Advocacia-Geral da União informou esta tarde que as provas adiadas no domingo passado do concurso público para alguns cargos serão aplicadas no dia 27 de janeiro, um domingo. Em nota, a AGU publicou que a data foi acertada entre a instituição e a empresa organizadora, o Idecon.

O Misto Brasília solicitou por e-mail e por telefone informações detalhadas da escolha do Idecon e as medidas que seriam tomadas pela confusão registrada de domingo. Tanto a AGU como o Idecon não deram maiores detalhes ao site. Cerca de 50 mil pessoas estão inscritas neste concurso público.

Veja a nota

As provas do concurso para carreiras de apoio da Advocacia-Geral da União serão reaplicadas no dia 27/01. A data foi definida após reunião entre a banca responsável pelo certame, o Idecan, e a comissão interna criada pela AGU para acompanhar o processo seletivo.

Candidatos aos cargos de Administrador, Arquivista, Contador e Técnico em Assuntos Educacionais realizarão nova prova no período matutino. Para o cargo de técnico em comunicação social, o exame será no período vespertino. As provas para os cargos de analista técnico-administrativo e bibliotecário não precisarão ser reaplicadas.

Ainda nesta semana será publicado edital com as informações e orientações aos candidatos. Confira os horários da reaplicação: 

Data: 27 de janeiro de 2019 (domingo)

Horários:

Manhã: 09h00min às 13h30min (Horário oficial de Brasília/DF)

Cargos: administrador, arquivista, contador e técnico em assuntos educacionais.

Tarde: 15h00min às 19h30min (Horário oficial de Brasília/DF)

Cargo: técnico em comunicação social.


Orquestra de Brasília e o Coral 10 interpretam Cio da Terra
Governador do Pará diz que contas dos estados passarão por pente-fino
veja +
Multa para quem estacionar em vaga de idoso pode aumentar
Projeto que limita propagandas em TVs e rádios educativas aguarda votação na Câmara
Mais de 50 senadores tomam posse daqui a duas semanas
veja +