Assalto ao Banco Central, aliás, a Bacabal!

autor Vitória Colvara

Postado em 28/11/2018 09:29:11 - 09:19:00


Um dos carros queimados por assaltantes que levaram R$ 100 milhões em Bacabal (MA)/Reprodução

A situação provocada foi de horror e pânico com explosões e tiros que durou cerca de duas horas

Pra quem não sabe, Bacabal é um município do Estado do Maranhão com cerca de 104 mil habitantes, localizado a cerca de 240 quilômetros de distância da capital, e é chamada pelos poetas de Princesa do Mearim.

A não tão pacata cidade tornou-se um dos assuntos mais falados no Twitter em decorrência de uma ação criminosa e um tanto quanto cinematográfica que aconteceu na noite do último domingo (25). De acordo com informações, cerca de 100 pessoas armadas invadiram a cidade, saquearam uma agência bancária, atearam fogo em veículos dentro da delegacia local com o intuito de impedir a ação dos policiais e ainda trocaram tiros com os mesmos.

Na troca de tiros três suspeitos morreram sendo um da Bahia, outro do Tocantins e o terceiro do Maranhão. Todos os demais conseguiram fugir levando – pasmem – a bagatela de R$ 100 milhões. Isso mesmo, estima-se que era esse o valor disponível no banco, ficando pra trás cerca de R 4 milhões que foram rapidamente recolhidos por moradores da cidade que já estão presos por se aproveitarem do roubo alheio.

Dentre as sete pessoas presas, há um policial militar que, de acordo com o delegado, será investigado, pois há forte suspeita de que ele estaria envolvido no crime cometido pela quadrilha extremamente organizada. De acordo com o relato dos moradores, após dispararem tiros ao alto, os bandidos gritavam para que ninguém saísse de suas casas.

A situação foi de horror e pânico com explosões e tiros que durou cerca de duas horas, tempo suficiente para realizarem o assalto com êxito e fugirem seguindo uma estratégia previamente planejada. A população continua aterrorizada e a Secretária de Segurança já afirmou que serão realizados todos os esforços para capturar os criminosos e recuperar o dinheiro roubado.

Pelo valor do montante é plenamente presumível que a quadrilha tinha conhecimento acerca da quantidade de dinheiro que circulava pela cidade cuja principal atividade econômica é agropecuária e o PIB per capita gira em torno de R$ 10 mil. Aguardemos pelas cenas dos próximos capítulos. 


AO VIVO - Câmara Legislativa do DF
Governador do Piauí diz que o fundo de segurança precisa de recursos
veja +
Aprovado relatório final sobre Estatuto do Idoso
Nova lei destina verba das loterias para a Segurança
Senado aprova Política Nacional e Livro Branco da Defesa
veja +