Polícia desarticula quadrilha de grilagem de terras no DF

autor Misto Brasília

Postado em 22/11/2018 12:22:58 - 12:19:00


Áreas de lotes irregulares estavam demarcadas pela quadrilha/Divulgação/Polícia Civil DF

Duas áreas já estavam separadas em 255 lotes que eram vendidos em anúncios pela internet

A Polícia Civil do Distrito Federal informou no final da manhã, que uma nova quadrilha de grilagem de terras investigada hoje causaria prejuízos de R$ 15,3 milhões. A organização criminosa atuava às margens da VC 351 (Condomínio Flamboyant) e da DF-475 (Condomínio Flores do Cerrado), na região do Núcleo Rural Ponte Alta Norte (Gama).

Os locais seriam parcelados em 255 lotes e já eram ofertados em sites da internet e também em faixas de anúncio, entre R$ 35 e 65 mil, cada.

As investigações estão sendo conduzidas pela Delegacia Especial de Proteção ao Meio Ambiente e à Ordem Urbanística (DEMA). A quadrilha era especializada no parcelamento irregular do solo, dano ambiental, falsificação de documentos e lavagem de dinheiro.

Segundo a Polícia Civil, foram cumpridos 15 mandados de busca e apreensão e oito de prisão temporária. Os nomes dos presos não foram divulgados. Apreensões de documentos, computadores e celulares foram realizadas pelas equipes em vários endereços residenciais e também em escritórios localizados nas regiões de Águas Claras, Recanto das Emas e Gama.


Presidente da Anfip diz que é preciso taxar os privilegiados
AO VIVO Radio 247 - Summer Music
veja +
CCJ aprova fim da isenção irrestrita de custas judiciais nos juizados especiais
Novos métodos para obtenção de provas do pacote anticrime dividem opiniões
Secretário diz que é preciso resolver "buraco estrutural" para gerar empregos
veja +