Polícia desarticula quadrilha de grilagem de terras no DF

autor Misto Brasília

Postado em 22/11/2018 12:22:58 - 12:19:00


Áreas de lotes irregulares estavam demarcadas pela quadrilha/Divulgação/Polícia Civil DF

Duas áreas já estavam separadas em 255 lotes que eram vendidos em anúncios pela internet

A Polícia Civil do Distrito Federal informou no final da manhã, que uma nova quadrilha de grilagem de terras investigada hoje causaria prejuízos de R$ 15,3 milhões. A organização criminosa atuava às margens da VC 351 (Condomínio Flamboyant) e da DF-475 (Condomínio Flores do Cerrado), na região do Núcleo Rural Ponte Alta Norte (Gama).

Os locais seriam parcelados em 255 lotes e já eram ofertados em sites da internet e também em faixas de anúncio, entre R$ 35 e 65 mil, cada.

As investigações estão sendo conduzidas pela Delegacia Especial de Proteção ao Meio Ambiente e à Ordem Urbanística (DEMA). A quadrilha era especializada no parcelamento irregular do solo, dano ambiental, falsificação de documentos e lavagem de dinheiro.

Segundo a Polícia Civil, foram cumpridos 15 mandados de busca e apreensão e oito de prisão temporária. Os nomes dos presos não foram divulgados. Apreensões de documentos, computadores e celulares foram realizadas pelas equipes em vários endereços residenciais e também em escritórios localizados nas regiões de Águas Claras, Recanto das Emas e Gama.


General nega que Michele Bolsonaro mandou tirar obras sacras do Alvorada
Incêndio atinge a Refinaria de Manguinhos (RJ)
veja +
Governador eleito do DF Ibaneis Rocha diz que não tem nenhum tipo de surpresa
Congresso deve votar Orçamento de 2019 nesta semana
Aprovado orçamento de 2019 com reajuste para agentes comunitários
veja +