Metro-DF faz ação preventiva contra o câncer infantil

autor Misto Brasília

Postado em 22/11/2018 11:26:59 - 11:19:00


Estação Galeria do Metro do DF onde acontece uma ação de prevenção ao câncer/Arquivo/Divulgação

Na sexta-feira haverá apresentação de músicos e contador de histórias e, no domingo, uma caminhada

Nesta sexta-feira (23) começa uma série de ações para marcar o Dia Nacional de Combate ao Câncer Infanto-Juvenil na Estação Galeria do Metro-DF. O objetivo é promover a consciência na população sobre a importância da prevenção e atenção aos sinais e sintomas do câncer nas crianças e adolescentes.

No domingo (25), haverá uma caminhada organizada pelo Hospital de Câncer de Barretos, com concentração na altura da Estação 102 Sul, às 8h. A campanha ocorre todos os anos no último domingo do mês de novembro, perto da data do Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantil, 23 de novembro, de acordo com informações da assessoria da companhia.

Para participar da caminhada, os interessados deverão adquirir o Kit constituído de uma camiseta, um boné e uma sacochila, no valor de R$ 35, que será integralmente revertido para o Hospital de Câncer de Barretos. De 21 a 23/11, das 9h às 18h, haverá venda do kit na Estação Galeria.

Dia 23 - Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantil

8 horas - Apresentação musical de violino e canto para o público da Estação e convidados; panfletagem de folders sobre orientação dos sintomas e sinais do câncer infanto-juvenil na estação Galeria

9 horas – Lançamento do evento, com presença de autoridades

10h30 - Contador de História falando sobre os sintomas e sinais do câncer infanto-juvenil.

17 horas – Encerramento, com apresentação do Coral de senhoras pacientes do tratamento do câncer de Abrapec


Associação está preocupada com a proposta da previdência de capitalização
Bolsonaro diz que a reforma da Previdência é necessária
veja +
Deputados questionam propostas da Frente Parlamentar do Livre Mercado
Ibaneis diz que Brasília será um grande centro de distribuição para o Brasil
Senadores comentam crise no governo Bolsonaro
veja +