Operação deve confiscar R$ 100 milhões de “cabeça branca”

autor Misto Brasília

Postado em 22/11/2018 10:40:12 - 10:39:00


Operação contra o tráfico de drogas ocorre no Paraná e Mato Grosso/Arquivo

Em outras operações já foram bloqueados R$ 500 milhões de organização do tráfico de drogas

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira operação para coletar evidências contra a organização criminosa comandada pelo traficante Luiz Carlos da Rocha, conhecido como “Cabeça Branca”, com previsão de confiscar patrimônio avaliado em mais de 100 milhões de reais, informou a PF em nota.

A chamada operação Sem Saída é decorrente da operação Spectrum, que prendeu Rocha em julho deste ano, na época um dos traficantes mais procurados na América do Sul, segundo a Reuters.

Como parte da operação desta quinta-feira, cerca de 100 policiais cumprem quatro mandados de prisão e 14 de busca e apreensão nos Estados do Paraná e Mato Grosso com o objetivo de reunir “elementos probatórios da prática dos crimes de lavagem de dinheiro, contra o sistema financeiro nacional, organização criminosa, associação para o tráfico internacional de drogas, dentre outros delitos”, informou a PF.

Até o momento, ações decorrentes da operação Spectrum já confiscaram aproximadamente R$ 500 milhões em patrimônio da organização criminosa de Rocha apenas em solo brasileiro, segundo a Polícia Federal.

“Somente nesta Operação Sem Saída, o patrimônio arrecadado será de mais de R$ 100 milhões, considerando que somente em fazenda são mais de 11 mil hectares”, disse a PF em nota.


General nega que Michele Bolsonaro mandou tirar obras sacras do Alvorada
Incêndio atinge a Refinaria de Manguinhos (RJ)
veja +
Governador eleito do DF Ibaneis Rocha diz que não tem nenhum tipo de surpresa
Congresso deve votar Orçamento de 2019 nesta semana
Aprovado orçamento de 2019 com reajuste para agentes comunitários
veja +