Localizado submarino argentino desaparecido há um ano

autor Misto Brasília

Postado em 17/11/2018 09:57:29 - 09:52:00


Submarino ARA San Juan foi encontrado depois de buscas de um ano/Arquivo/Marinha Argentina

A embarcação tinha 44 tripulantes que morreram a 800 metros de profundidade após explosão

Ministério da Defesa e a Marinha da Argentina informaram neste sábado (17) que a empresa americana Ocean Infinity encontrou o submarino argentino ARA San Juan, desaparecido há um ano nas águas do Atlântico. O submarino argentino desapareceu no dia 15 de novembro do ano passado com 44 tripulantes a bordo, quando se dirigia de Ushuaia a Mar del Plata, lembra a agencia DW.

Familiares dos 44 tripulantes do ARA San Juan disseram estar "muito chocados" com a descoberta da embarcação, um ano após seu desaparecimento no Oceano Atlântico.

"É muito chocante. Graças a Deus eles estão em paz", contou Marta Vallejos, irmã de Celso, um dos tripulantes da marinha Argentina que viajavam na embarcação quando em 15 de novembro de 2017 a comunicação foi totalmente perdida.

"O Ministério da Defesa e a Marinha da Argentina informam que a investigação do ponto número 24 pela [empresa responsável pelas buscas] Ocean Infinity, a 800 metros de profundidade, permitiu a localização positiva do ARA San Juan", pôde-se ler em mensagem publicada no Twitter.

Segundo indicou a Ocean Infítiny, que receberá US$ 7,5 milhões pelo achado, o submarino estaria localizado a 800 metros de profundidade, a 600 quilômetros da cidade de Comodoro Rivadavia, onde se havia montado o centro de operações durante as buscas.

Os trabalhos de busca no oceano, nos quais diversos países participaram nos primeiros meses, se delimitou a 430 quilômetros do litoral, em torno de uma área onde várias agências internacionais assinalaram que detectaram uma explosão horas depois do desaparecimento do ARA San Juan.


Relator sugere que pode mexer com a idade da aposentadoria rural
Secretário defende a aposentadoria rural na PEC da Reforma da Previdência
veja +
Recursos do antigo Fundef não devem ser usados no pagamento de professores
CCJ aprova fim da isenção irrestrita de custas judiciais nos juizados especiais
Novos métodos para obtenção de provas do pacote anticrime dividem opiniões
veja +