Executivo do Santander vai assumir a presidência do BC

autor Misto Brasília

Postado em 15/11/2018 15:02:15 - 14:54:00


Roberto Campos Neto vai assumir a presidência do Banco Central/Arquivo/Divulgação

Nome de Roberto Campos Neto aguarda a oficialização do futuro ministro da Economia Paulo Guedes

 

Deverá ser oficializado ainda hoje pelo futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, o nome do economista Roberto Campos Neto como o presidente do Banco Central na administração de Jair Bolsonaro. Ele é executivo do banco Santander. Estava cotado para permanecer no cargo o atual presidente do BC, Ilan Goldfajn.

Antes de assumir o cargo, em janeiro, o indicado será sabatinado ainda neste ano pela Comissão de Assuntos Econômicos do Senado. Além de ser aprovado na CAE, o nome tem que ter a aprovação no plenário da Câmara Alta. Foi confirmado também na nova equipe econômica o atual secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida.

Segundo informaram a CBN e o G1, Roberto Campos Neto foi visto no centro de transição, em Brasília nesta semana. O indicado, conforme diz seu nome, é neto do economista Roberto Campos, expoente do pensamento liberal e defensor do Estado minimalista no país, tendo ocupado, entre outros cargos, o Ministério do Planejamento e Coordenação Econômica no governo Castelo Branco.

 


Marcelo Ramos apoia proposta de Kataguiri para capitalização da Previdência
Deputado provocam confusão e tumulto na Comissão da Educação
veja +
Recursos do antigo Fundef não devem ser usados no pagamento de professores
CCJ aprova fim da isenção irrestrita de custas judiciais nos juizados especiais
Novos métodos para obtenção de provas do pacote anticrime dividem opiniões
veja +