Executivo do Santander vai assumir a presidência do BC

autor Misto Brasília

Postado em 15/11/2018 15:02:15 - 14:54:00


Roberto Campos Neto vai assumir a presidência do Banco Central/Arquivo/Divulgação

Nome de Roberto Campos Neto aguarda a oficialização do futuro ministro da Economia Paulo Guedes

 

Deverá ser oficializado ainda hoje pelo futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, o nome do economista Roberto Campos Neto como o presidente do Banco Central na administração de Jair Bolsonaro. Ele é executivo do banco Santander. Estava cotado para permanecer no cargo o atual presidente do BC, Ilan Goldfajn.

Antes de assumir o cargo, em janeiro, o indicado será sabatinado ainda neste ano pela Comissão de Assuntos Econômicos do Senado. Além de ser aprovado na CAE, o nome tem que ter a aprovação no plenário da Câmara Alta. Foi confirmado também na nova equipe econômica o atual secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida.

Segundo informaram a CBN e o G1, Roberto Campos Neto foi visto no centro de transição, em Brasília nesta semana. O indicado, conforme diz seu nome, é neto do economista Roberto Campos, expoente do pensamento liberal e defensor do Estado minimalista no país, tendo ocupado, entre outros cargos, o Ministério do Planejamento e Coordenação Econômica no governo Castelo Branco.

 


Festa de aniversário de João de Deus que agora é acusado de molestar mulheres
Bolsonaro faz reunião com a bancada do PRB na Câmara
veja +
Everardo Gueiros, da Secretaria da Cidadania, diz que o “Na Hora” vai mudar de nome
Vice-governador eleito do DF, Paco Britto, disse que a meta é reduzir 20% de comissionados
Comissão especial aprova proposta de nova lei das licitações
veja +