Senador é investigado em propina de R$ 4 milhões

autor Misto Brasília

Postado em 08/11/2018 09:24:54 - 09:22:00


Mandados de busca autorizados por ministro do STF estão sendo cumpridos pela PF/Arquivo

Estão sendo cumpridos mandados de busca e apreensão em São Paulo, Campo Limpo Paulista

A Polícia Federal deflagrou hoje (8) a Operação Armistício, que investiga o recebimento de vantagem indevida por um senador, em 2012, durante a chamada guerra fiscal nos portos brasileiros. O nome não foi revelado. As medidas foram autorizadas pelo ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, no inquérito 4382-STF.

Os policiais federais cumprem nove mandados de busca e apreensão, dos quais sete em São Paulo, um em Santos (SP) e um em Campo Limpo Paulista (SP). Os pagamentos indevidos, de cerca de R$ 4 milhões, teriam sido feitos por uma empreiteira que tinha interesse na edição do ato. (Da ABr)


AO VIVO Radio 247
AO VIVO Tropical House Radio
veja +
Coordenadora diz que grupo de trabalho não vai atrasar análise do pacote anticrime
Presidente da CCJ espera "melhora do cenário político"
Senado vai votar permissão para pais que estudam ficarem com filhos na sala de aula
veja +