Maioria das imagens compartilhadas no WhatsApp é falta

autor Misto Brasília

Postado em 18/10/2018 20:41:49 - 20:38:00


Rede social se transformou num poço sem fim de notícias falsas/Arquivo

Estudo de duas universidades e uma agência de checagem conclui que só 8% são verdadeiras

Um levantamento realizado por duas universidades brasileiras, em parceria com uma agência de checagem, em 347 grupos de Whatsapp encontrou entre as imagens mais compartilhadas apenas 8% podendo ser classificadas como verdadeiras. estudo dos professores Pablo Ortellado (USP), Fabrício Benvenuto (UFMG) e da agência Lupa analisou conteúdos enviados entre 16 de setembro e 7 de outubro. A amostra trouxe 347 grupos monitorados pelo projeto "Eleições sem Fake", conduzido pela UFMG.

Os resultados não podem ser generalizados, mas, segundo os pesquisadores, trazem indícios significativos para a compreensão do fenômeno das notícias falsas.

No período analisado, 18.088 usuários postaram 846.905 mensagens. Foram 107.256 imagens, 71.931 vídeos, 13.890 áudios, 562.866 mensagens de texto e 90.962 links externos.

Os pesquisadores e a agência analisaram as 50 imagens mais compartilhadas nos grupos. Em números totais, quatro foram consideradas verdadeiras (8%), entre elas uma do candidato presidencial Jair Bolsonaro (PSL) numa maca e outra do autor do atentado contra ele, Adélio Bispo de Oliveira.


Orquestra de Brasília e o Coral 10 interpretam Cio da Terra
Governador do Pará diz que contas dos estados passarão por pente-fino
veja +
Multa para quem estacionar em vaga de idoso pode aumentar
Projeto que limita propagandas em TVs e rádios educativas aguarda votação na Câmara
Proposta reserva vagas de instituições de ensino para pessoas com deficiência
veja +