Maioria das imagens compartilhadas no WhatsApp é falta

autor Misto Brasília

Postado em 18/10/2018 20:41:49 - 20:38:00


Rede social se transformou num poço sem fim de notícias falsas/Arquivo

Estudo de duas universidades e uma agência de checagem conclui que só 8% são verdadeiras

Um levantamento realizado por duas universidades brasileiras, em parceria com uma agência de checagem, em 347 grupos de Whatsapp encontrou entre as imagens mais compartilhadas apenas 8% podendo ser classificadas como verdadeiras. estudo dos professores Pablo Ortellado (USP), Fabrício Benvenuto (UFMG) e da agência Lupa analisou conteúdos enviados entre 16 de setembro e 7 de outubro. A amostra trouxe 347 grupos monitorados pelo projeto "Eleições sem Fake", conduzido pela UFMG.

Os resultados não podem ser generalizados, mas, segundo os pesquisadores, trazem indícios significativos para a compreensão do fenômeno das notícias falsas.

No período analisado, 18.088 usuários postaram 846.905 mensagens. Foram 107.256 imagens, 71.931 vídeos, 13.890 áudios, 562.866 mensagens de texto e 90.962 links externos.

Os pesquisadores e a agência analisaram as 50 imagens mais compartilhadas nos grupos. Em números totais, quatro foram consideradas verdadeiras (8%), entre elas uma do candidato presidencial Jair Bolsonaro (PSL) numa maca e outra do autor do atentado contra ele, Adélio Bispo de Oliveira.


Fraga diz que haverá motim se for extinta Casa Militar no DF
Exército lembra Stan Lee em homenagem que fez aos soldados em 2016
veja +
Pode virar lei proposta que facilita concessão de benefícios a pessoas com lúpus ou epilepsia
Comissão de Agricultura aprova política de incentivo à produção de etanol
Escolas públicas podem ser obrigadas a exibir resultados no Ideb
veja +