Gurgacz não pode ser mais candidato em Rondônia

autor Misto Brasília

Postado em 04/10/2018 15:50:23 - 15:45:00


Senado Acir Gurgacz já havia sido condenado pelo Supremo Tribunal/Arquivo

TSE confirmou o impedimento do senador a partir de uma condenação do candidato no Supremo

O ministro Jorge Mussi, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), negou hoje (4) o seguimento de recurso do senador Acir Gurgacz (PDT), que teve negado seu registro de candidatura ao governo de Rondônia, e determinou a interrupção imediata de sua campanha.

A decisão tem como base a condenação de Gurgacz, no Supremo Tribunal Federal (STF), por crime contra o sistema financeiro nacional. Em 25 de setembro, a Primeira Turma da Curte recusou um último recurso no caso e determinou a prisão do senador. 

O Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia (TRE-RO) já havia negado o registro de candidatura do senador, mas ele continuava em campanha por força de liminar (decisão provisória). Nesta quinta-feira (4), Jorge Mussi determinou que “a candidatura deixa de ostentar a condição de sub judice”, o que impede Gurgacz de realizar atos de campanha e de receber recursos do fundo eleitoral. Com isso, os votos eventualmente recebidos por ele na urna eletrônica devem ser anulados. (Da ABr)


Temer diz em pronunciamento que torce pelo novo presidente
Governadores eleitos e reeleitos entregam carta a Bolsonaro
veja +
Universidades apoiam criação de fundo patrimonial, mas criticam trechos da MP 851
Comissão aprova isenção de IPVA a ex-proprietário de veículo
Excesso de peso em bagagens no transporte aéreo pode ter novas regras
veja +