Delação de Palocci abre a caixa de pandora contra o PT e Lula

autor Misto Brasília

Postado em 01/10/2018 15:41:30 - 15:38:00


Palocci disse que centenas de Medidas Provisórias foram negociadas nos governos do PT/Arquivo

Parte da delação premiada à PF e aprovado pela justiça, foi liberado hoje pelo juiz Sérgio Moro

Pelo menos em 900 de cerca de mil Medidas Provisórias editadas em quatro governos do Partido dos Trabalhadores tiveram “emendas exóticas” que se traduziram em propina”. A afirmação é do ex-ministro Antônio Palocci (PT) em delação à Polícia Federal. A declaração está na parte do sigilo judicial quebrado hoje à tarde pelo juiz Sérgio Moro. Ele atendeu a defesa de envolvidos na venda, supostamente irregular, do terreno ao Instituto Lula em São Paulo.

De acordo com a parte do processo que agora pode ser consultada por todos os brasileiros, o ex-presidente Lula da Silva, que está preso desde abril em Curitiba, participou diretamente das negociações para loteamento de cargos para o PT na Petrobras. E que pelo menos R$ 40 milhões foram negociações através do caixa dois para a campanha de Dilma Rousseff (PT). Nestas negociações, segundo Palocci, teve a “presença física do ex-presidente”.

Palocci afirma que sabia da existência de contas bancárias no exterior para alimentar as campanhas políticas, mas disse que não fez a abertura de nenhuma delas. As contas foram abertas, de acordo com Palocci, por empresários para que pudessem depositar valores de propina. As duas campanhas eleitorais do PT de 2010 e 2014 custaram cerca de R$ 600 e R$ 800 milhões, respectivamente.

Na delação de abril passado autorizada pela justiça e posteriormente ratificada pelo Supremo Tribunal Federal à Polícia Federal, Palocci ainda conta detalhes sobre irregularidades com a Sete Brasil e também na construção da Usina de Belo Monte (PA). Por conta dessa delação, Palocci que foi ex-ministro da Fazenda e homem de confiança de Lula da Silva e Dilma Rousseff, obteve redução de 2;3 da pena. Palocci está preso desde setembro de 2016, após uma das fases da operação Lava Jato.


Temer diz em pronunciamento que torce pelo novo presidente
Governadores eleitos e reeleitos entregam carta a Bolsonaro
veja +
Universidades apoiam criação de fundo patrimonial, mas criticam trechos da MP 851
Comissão aprova isenção de IPVA a ex-proprietário de veículo
Excesso de peso em bagagens no transporte aéreo pode ter novas regras
veja +