Candidato ao governo do DF é condenado a quatro anos de prisão

autor Misto Brasília

Postado em 24/09/2018 20:47:38 - 20:44:00


Alberto Fraga disse que a condenação não vai impedir de concorrer nas eleições/Arquivo

Alberto Fraga teria se envolvido num esquema fraudulento quando era secretário de Transportes

O candidato ao governo do Distrito Federal, Alberto Fraga, tem mais uma dor de cabeça a 13 dias das eleições. Ele foi condenado a quatro anos, quatro meses e 20 dias de reclusão em regime semi-aberto pelo juiz Fábio Francisco Esteves, da Vara Criminal do Núcleo Bandeirante. O candidato praticou o crime de concussão quando era secretário de Transportes no governo de José Roberto Arruda (PR).

O processo tramitava no Supremo Tribunal Federal e em maio foi encaminhado à primeira instância. Até aquele mês, Fraga contava com o foro privilegiado por ser deputado federal. No Twitter, Fraga escreveu que “se vocês acham que essa condenação produzida e armada vai me impedir de disputar a eleição, estão enganados. Eu vou vencer a eleição e governar com o povo e não com essa máquina suja”.

Já o ex-motorista de Fraga, Afonso Andrade de Moura, teve a pena fixada em 3 anos e 2 meses de reclusão, em regime aberto.  O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios ofereceu denúncia na qual narrou que Alberto Fraga teria exigido, por meio de Afonso, R$ 350 mil para assinar contratos de adesão entre o Distrito Federal e a Cooperativa de Transporte Público do Distrito Federal (Coopetran), tendo por objeto lotes de microônibus licitados por meio da Concorrência nº 001/2007-ST, bem como para iniciar a execução do contrato, e ainda, para alterar o itinerário dos microônibus contratados.

Segundo o juiz, está amplamente comprovadas a materialidade e a autoria dos denunciados nos fatos ora perseguidos, comportando a tipicidade e antijuridicidade de sua conduta e a sua culpabilidade, na medida em que eram imputáveis no momento do crime, tinham perfeita consciência da ilicitude de sua conduta e lhes era exigida conduta diversa na ocasião.”


Temer diz em pronunciamento que torce pelo novo presidente
Governadores eleitos e reeleitos entregam carta a Bolsonaro
veja +
Universidades apoiam criação de fundo patrimonial, mas criticam trechos da MP 851
Comissão aprova isenção de IPVA a ex-proprietário de veículo
Excesso de peso em bagagens no transporte aéreo pode ter novas regras
veja +