Rádio pela internet não é uma atividade pirata

autor Misto Brasília

Postado em 19/09/2018 20:07:32 - 20:03:00


Fazer rádio pela internet não requer autorização com base na lei da radiodifusão/Arquivo

Conclusão é do Tribunal Regional Federal de Brasília que analisou um caso que veio da Bahia

Montar uma rádio e transmitir pela internet não é uma atividade clandestina que contraria a legislação da radiodifusão. A conclusão unânime é da 3ª. Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª. Região, de Brasília, ao analisar uma denúncia do Ministério Público Federal a partir de uma ação que deu entrada na 2ª, Vara Federal de Salvador.

Segundo a decisão, “a mera distribuição de internet mediante radiodifusão, sem a devida autorização legal, não consubstancia crime e, consequentemente, não encontra perigo de forma concreta na conduta do agente”.

A desembargadora federal Mônica Sifuentes, destacou que a concepção de internet livre se espalhou pela maioria dos países, que vêm se abstendo de promover qualquer tipo de controle de fiscalização sobre os serviços prestados através da radiodifusão.


Temer diz em pronunciamento que torce pelo novo presidente
Governadores eleitos e reeleitos entregam carta a Bolsonaro
veja +
Universidades apoiam criação de fundo patrimonial, mas criticam trechos da MP 851
Comissão aprova isenção de IPVA a ex-proprietário de veículo
Excesso de peso em bagagens no transporte aéreo pode ter novas regras
veja +