Ambulância quebra no jogo do Vasco e Flamengo

autor Misto Brasília

Postado em 16/09/2018 10:12:39 - 10:10:00


Juiz convocou os jogadores do Vasco e do Flamengo para empurrar a ambulência/Reprodução/Twitter

Rollemberg disse nesta manhã que o veículo não é do governo para evitar exploração política

Preocupado com a repercussão política do constrangimento da ambulância que pifou no jogo do Vasco e Flamengo, ontem à noite em Brasília, o governador Rodrigo Rollemberg (PSB) disse nesta manhã de domingo que o veículo pertence a uma empresa privada. A partida terminou empatada em 1 a 1 no Estádio Nacional Mané Garrincha.

“A ambulância que não funcionou no jogo Vasco x Flamengo é privada, de uma empresa contratada pela organização do jogo. Não tem nada com o Governo de Brasília. Recebi algumas mensagens sobre o assunto. Sempre é bom esclarecer”, disse ele.

A ambulância foi chamada para o campo quando na metade final do segundo tempo, o volante vascaíno Bruno Silva se chocou com o companheiro de equipe Luiz Gustavo e caiu desacordado. Após receber atendimento médico no gramado, Bruno foi encaminhado para fora do campo, mas com um problema: a ambulância que transportava o atleta não arrancou e os jogadores dos dois times precisaram se unir para empurrar.


Associação está preocupada com a proposta da previdência de capitalização
Bolsonaro diz que a reforma da Previdência é necessária
veja +
Deputados questionam propostas da Frente Parlamentar do Livre Mercado
Ibaneis diz que Brasília será um grande centro de distribuição para o Brasil
Senadores comentam crise no governo Bolsonaro
veja +