Começa o Festival de Brasília do Cinema Brasileiro

autor Misto Brasília

Postado em 15/09/2018 10:49:17 - 10:42:00


As crianças também têm espaço com o ''festivalzinho'' como neste filme Médico de Monstros/Reprodução

Sessões de exibições acontecem em diversos horários até o dia 27 e com apresentações alternativas

 

Foi aberto na noite passada o 51º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro com a participação dos atores Chico Diaz e Letícia Sabatella. A primeira exibição foi do longa-metragem 'Domingo', de Clara Linhart e Fellipe Barbosa. Neste anoquem recebe o Prêmio Leila Diniz são Ittala Nandi e Cristina Amaral que aparece como premiada pela sua importância como montadora de cinema, carreira na qual atua há mais de 40 anos.

Veja a programação

A noite também marcou a abertura da exposição Momento em Movimento, de Mila Petrillo. A coletânea faz parte do projeto “Por outras lentes”. A exposição funcionará das 10 horas à 0 hora, na área externa do Cine Brasília.

A comunidade que vive ao redor do Cine Brasília e o público que participa do Festival terá acesso a feira de produtos orgânicos. Os alimentos, advindos de produtores da agroindústria familiar, serão vendidos nos hoje (15) e 22 de setembro das 8 às 13 horas. 

Como parte da programação do Festival, entre hoje a 18 de setembro, a Mostra Territórios Audiovisuais Indígenas trará à capital nove produções de forma gratuita e sem caráter competitivo. Uma roda de conversa entre os realizadores indígenas e indigenistas abrirá a mostra às 16h do sábado (15). Às 19h, o documentário Jerosy Pulu – O grande canto, de Ademilson Kikito Concianza, dará início às projeções do primeiro dia de evento que finaliza com a ficção Avaxi para'i: semente, de Vinícius Toro.

Todas as exibições serão realizadas nos arredores do Memorial dos Povos Indígenas e a curadoria dos filmes é uma parceria do festival com a Associação Cultural de Realizadores Indígenas (Ascuri).

 


AO VIVO - Câmara Legislativa do DF
Temer diz em pronunciamento que torce pelo novo presidente
veja +
Câmara aprova criação do Dia Nacional da Música e Viola Caipira
Saída de cubanos do programa Mais Médicos repercute na Câmara
Pré-sal, royalties, precatórios e Jovem Senador são destaques do Plenário
veja +