Mulheres protestam contra onda de feminicídios no DF

autor Misto Brasília

Postado em 15/09/2018 08:16:21 - 08:08:00


De acordo com a polícia, 22 mulheres foram mortas neste ano no DF por conta do feminicídio/Arquivo

Somente neste ano, 22 mulheres foram mortas por ex-companheiros ou companheiros

A manifestação contra a morte de mulheres reuniu dezenas de pessoas no Distrito Federal. Somente neste ano foram registrados 22 casos de feminicídio no Distrito Federal.

As militantes se concentraram na rodoviária do Plano Piloto e caminharam até a Praça Zumbi dos Palmares, em uma das quadras do Setor Comercial Sul. Lá, acenderam velas para lembrar das mulheres mortas e repudiar a violência de que foram vítimas.

“O Brasil é o quinto país que mais mata mulheres no mundo. Isso não é normal. Chega. Chega de machismo. Direito à vida, queremos viver, sermos felizes”, disse uma das manifestantes. “Que sejamos respeitadas, que venhamos a ocupar os nossos lugares. Por nenhuma a menos. Respeito por todas nós”, afirmou outra participante do ato.

Segundo a integrante do Fórum de Mulheres do Distrito Federal e Entorno, Leonor Costa, os números são assustadores. Leonor defende uma mudança do comportamento de instituições de Estado, como as delegacias de Atendimento à Mulher e as forças de segurança em geral, o Ministério Público e os órgãos governamentais que prestam atendimento de mulheres ameaçadas, para que a proteção seja garantida às mulheres que denunciam.


PM reprime tentativa de invasão do Ministério da Educação
Senador apresenta projeto que autoriza adolescentes a dirigir
veja +
Ibaneis disse que ficou triste com investigações contra médicos de hospital
Projeto reforça garantia de liberdade de expressão em escolas e universidades
Telefônicas podem ser obrigadas a atender todos os distritos em quatro anos
veja +