Gilmar vai decidir sobre liberdade de Beto Richa

autor Misto Brasília

Postado em 14/09/2018 15:00:16 - 14:56:00


Ex-governador Beto Richa está preso desde terça-feira em quartel da PM/Arquivo

Defesa argumenta que a prisão se deu dentro da condução coercitiva, que foi proibido pelo STF

A defesa do ex-governador e candidato ao Senado, Beto Richa (PSDB), pediu ao Supremo Tribunal Federal o relaxamento da prisão do tucano, segundo informou o site Jota. Os advogados requereram a medida dentro da arguição de descumprimento de preceito fundamental na qual o STF proibiu as chamadas conduções coercitivas.

A defesa alega que a prisão de Richa foi decretada para burlar o veto à condução coercitiva. O processo é de relatoria do ministro Gilmar Mendes, que nesta semana criticou a operação que levou o político para a cadeia.

Richa está preso desde terça-feira. O político e sua mulher, Fernanda Richa, e mais 13 investigados foram detidos suspeitos de envolvimento em um esquema de superfaturamento de contratos para manutenção de estradas rurais para o pagamento de propina para agentes públicos. Ontem , o Superior Tribunal de Justiça negou habeas corpus ao casal.


Temporal provoca estragos na Lagoa da Conceição, em Florianópolis
Rollemberg diz que Ibaneis mostra preconceito ao sugerir fechar a orla do Lago
veja +
Proposta reserva vagas de instituições de ensino para pessoas com deficiência
Câmara analisa propostas para deduzir do IR despesas com remédios, óculos e próteses
Ibaneis disse que vai "colaborar" para a aprovação da reforma previdenciária
veja +