Dólar chega a 4 reais com ressaca do efeito Alckmin

autor Misto Brasília

Postado em 21/08/2018 11:16:14 - 11:12:00


Moeda americana estava sendo comercializada a R$ 3,98 na venda nesta manhã/Arquivo

Dólar avançava 0,65%, a R$ 3,9833 na venda, após ter encerrado no maior nível em dois anos e meio

O dólar se distanciou do mercado externo e operava em alta, já próximo do patamar de R$ 4 nesta terça-feira, após nova pesquisa de intenção de voto mostrar que o candidato à Presidência preferido do mercado, Geraldo Alckmin (PSDB), seguia sem ganhar tração na disputa.

Às 10h25, o dólar avançava 0,65%, a R$ 3,9833 na venda, depois de ter encerrado a véspera no maior nível em dois anos e meio, a R$ 3,9577. Na máxima do dia, a moeda norte-americana foi a R$ 3,9921. O dólar futuro avançava cerca de 0,40%.

“O mercado não considerava até poucos dias atrás um cenário sem Alckmin no segundo turno, mas já começou a precificá-lo. Assim, o dólar tem mesmo que ir para outro patamar”, afirmou o economista da corretora Nova Futura, Pedro Paulo Silveira, segundo informou a Reuters.


AO VIVO - Câmara Legislativa do DF
Temer diz em pronunciamento que torce pelo novo presidente
veja +
Câmara aprova criação do Dia Nacional da Música e Viola Caipira
Saída de cubanos do programa Mais Médicos repercute na Câmara
Pré-sal, royalties, precatórios e Jovem Senador são destaques do Plenário
veja +